Estudos dos Impactos Ambientais Decorrentes do Extrativismo Mineral e Poluição Mercuriai no Tapajós

R$0,01

Os estudos dos efeitos do mercúrio e do material parti cu lado sobre o homem e o meio ambiente têm recebido destaque especial nas atividades de tantos quantos lidam com a questão ambiental da Amazônia.

Download
SKU: 4004-1 Categoria: Tags: , ,

Descrição

Os estudos dos efeitos do mercúrio e do material parti cu lado sobre o homem e o meio ambiente têm recebido destaque especial nas atividades de tantos quantos lidam com a questão ambiental da Amazônia.

Fora dos limites geográficos do Brasil, mas dentro da Amazônia, há grupos na Bolívia, na Venezuela, na Colômbia, etc. que buscam caracterizar o problema e as suas soluções, para aquelas realidades amazônicas.

No Brasil destacam-se grupos de pesquisa voltados às várias facetas do meio ambiente e do homem: do INPA, sediado em Manaus; do Museu Paraense Emilio Goeldi, sediado em Belém; do Instituto Evandro Chagas, Belém; da Universidade Federal do Pará, Belém; da Secretaria do Estado, Indústria, Comércio e Mineração do Estado do Pará, Belém; do DNPM, da CPRM e da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro; da Universidade Federal do Rio de Janeiro; da Universidade Federal Fluminense, em Niterói; da Universidade Federal de Mato Grosso, em Cuiabá; da Metamat, em Cuiabá; da Universidade de São Paulo e do Centro de Tecnologia Mineral – CETEM.

O conhecimento e a literatura nacionais vêm se enriquecendo nestes últimos quatro anos, através dos dados levantados e coligidos por essas várias equipes de pesquisa.

O trabalho ora publicado pelo CETEM foi executado pela SEICOM, no âmbito do Programa de Controle Ambiental da Garimpagem no Rio Tapajós – CAMGA-TAPAJÓS, relatando os resultados produzidos, bem como as análises, conclusões e opiniões dos seus autores.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Estudos dos Impactos Ambientais Decorrentes do Extrativismo Mineral e Poluição Mercuriai no Tapajós”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir ao Topo